Retro City


Scott McCloud sobre Histórias em Quadrinhos

Scott McCloud é um autor de quadrinhos, mas também um teórico sobre o assunto. Ele já escreveu três livros – “Desvendando os Quadrinhos”, “Reinventando os Quadrinhos” e “Desenhando os Quadrinhos”, todos já publicados em português. E as suas obras são praticamente leitura obrigatória para quem se interessa sobre esse assunto.

Encontrei esse vídeo, gravado em fevereiro de 2005, em que McCloud comenta, misturado com suas memórias de infância, as suas idéias quanto ao formato das historias em quadrinhos e seu futuro.

Logo ao lado do botão do play, vai aparecer uma janela com a opção de seleção de idiomas com legendas em português. Mas se por algum motivo não conseguir fazer isso, clique aqui.



Como assim?
30 de maio de 2010, 23:51
Filed under: Humor | Tags: , , , , ,

Photobucket

Não conheço mais ninguém além de mim, que goste de ler Mágico Vento e Naruto, então acho difícil que alguém entenda essa piada. Mas depois de ver essa capa, não pude resistir.



Steve Jobs e a Action Comics #1
18 de abril de 2010, 01:21
Filed under: Diversos | Tags: , , ,

Photobucket

Há alguns dias começaram a comercializar nos Estados Unidos os IPad, um novo aparelho lançado pela Apple, que entre outras funções também pode ser usado para leitura de histórias em quadrinhos no formato digital.

Ainda é muito cedo para dizer como essa nova tecnologia vai afetar os quadrinhos. Talvez se o IPad ganhar versões similares de outras marcas, e esse tipo de aparelho se tornar popular, o mercado dos quadrinhos mude alguma coisa. Mas isso tudo ainda é um grande talvez.

Não é de agora que esse assunto dos quadrinhos e as novas mídias é motivo de discussão. Há alguns anos com a popularização da Internet, uma pratica também se tornou popular, a leitura de scans de revistas de quadrinhos feita por outros leitores e colocados há disposição na rede gratuitamente. Com isso, acreditasse que menos pessoas estariam comprando revistas de quadrinhos, já que é possível lê-las de graça no computador. E por esse motivo também essas revistas estariam cada vez mais caras, para compensar o prejuízo causado pela prática dos scans. E com as revistas cada vez mais caras, menos pessoas ainda estariam comprando elas hoje.

Mas será que a Internet é a única culpada por essa queda nas vendas dos quadrinhos? Acho que não. Eu não tenho comprado quadrinhos como fazia antes não apenas porque eles estão mais caros, mas principalmente porque não tenho mais tanto interesse em fazer isso, e o motivo é a falta de qualidade das histórias. Ainda poderia baixá-las para lê-las no computador, mas não faço nem isso.

As pessoas que conheço que baixam quadrinhos se dividem em dois grupos, as que não comprariam as revistas mesmo assim, se não pudessem mais lê-las pelo computador. Ou as que compram mesmo depois de já terem lido as histórias no formato digital.

Quem compra quadrinhos faz isso geralmente com a intenção de colecioná-las. E não tem graça nenhuma colecionar arquivos no computador. Esse hábito de colecionar quadrinhos, pelo menos nos Estados Unidos, ainda continua forte.

Por exemplo, recentemente uma edição da revista Action Comics nº 1 foi vendida em um leilão por 1,5 milhão de dólares. Esse é o maior valor já pago por uma revista em quadrinhos atualmente. E acho que alguma coisa que custava apenas 30 centavos há uns 70 anos chegar a esse valor já é um argumento bom o suficiente para convencer alguém de que compar revistas de histórias em quadrinhos pode ser um bom investimento. E esse não foi um fato isolado, outras revistas igualmente famosas foram leiloadas também por grandes valores há pouco tempo.

Não sou um grande entusiasta das novas tecnologias e geralmente costumo ver elas com desconfiança. Mas acredito que o formato digital deixa os quadrinhos mais acessíveis e democráticos. Já experimentei ler uma história em quadrinhos em um IPhone de um amigo e gostei. Também não sou um grande colecionador de quadrinhos, (posso não ter tudo que gostaria, mas pelo menos gosto de tudo que tenho) mas não deixaria de comprar uma revista que quero ler para baixar a mesma da Internet, e muito menos trocaria a minha coleção de quadrinhos por um IPad!



Crise Cômica
10 de novembro de 2009, 11:50
Filed under: Diversos, Humor | Tags: , , ,

Há uns 20 anos atrás quando surgiram as primeiras mega sagas dos quadrinhos, elas foram realmente eventos marcantes. Heróis morriam, às vezes até universos inteiros deixavam de existir, outras vezes eles eram criados… As ameaças eram tão grandes que praticamente todos os personagens de uma editora participavam da história. E o mais importante, essas mega sagas aumentaram as vendas das revistas. Eu acredito que era porque todos TINHAMOS acompanhar aquelas histórias. Há uns 20 anos atrás não tínhamos Internet também.

Hoje em dia, ainda temos mega sagas, uma por ano na verdade. Elas se espalham por todos os títulos da editora também. As ameaças são gigantescas, muitos heróis morrem, alguns ressuscitam, tudo pode acontecer… Mas porque será que eu não consigo mais me interessar por elas?

Eu ainda gosto de histórias em quadrinhos, mas não tenho mais paciência para acompanhar esses mega eventos. E nem dinheiro. Fico sabendo do que esta saindo lá nos EUA pelos sites de noticias, ou o que é ainda mais fácil, com uma conversa rápida com alguns amigos,  assim me mantenho atualizado.

Acho que o problema deve ser mesmo comigo, estou com um grau de exigência muito grande. Quero ler boas histórias e que elas não durem muitos meses e não me obriguem a gastar uma fortuna. A minha solução foi à mesma do Juca, personagem da tira Debiloid’s do meu amigo Rogério de Souza, foi criar o meu próprio universo de heróis. Afinal se você quer uma coisa do seu jeito, faça você mesmo.



Sempre Vale a Pena
15 de outubro de 2009, 14:09
Filed under: Diversos, Quadrinhos | Tags: , ,

Quando desenhei essa historia em 2003 para o 10º Concurso Historias do Trabalho (mais uma vez o roteiro é do meu amigo Fabiano Silveira) ainda estava na faculdade e começando nessa profissão também. Acho que todo professor em algum momento já se perguntou: será que vale a pena?

Ensinar exige muita responsabilidade, dedicação e algum sacrifício. Mas poucas pessoas percebem isso, porque esse é um trabalho que leva tempo para acontecer. Às vezes penso nos professores que já tive, e não consigo me lembrar de todos. E será que os meus alunos vão se lembrar de mim?

Essa história é dedicada a todos os meus colegas. Parabéns aos professores!

Photobucket

Photobucket

Photobucket



O Vendedor de Ilusões

Desenhei essa história em 2005 para o 12º concurso Histórias do Trabalho da Prefeitura de Porto Alegre. Achei que ela era apropriada para a data de hoje, o dia das crianças. O roteiro é do meu amigo Fabiano Silveira (sim, ele mesmo o Professor Nerd). Esse foi o nosso ultimo trabalho juntos, mas não foi o primeiro. Em breve vou colocar outras parcerias nossas aqui no blog. Aguardem.

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket



Qual super-herói é você?
25 de setembro de 2009, 12:56
Filed under: Diversos | Tags: , , , , , ,

Imaginei criar um teste on-line do tipo “Qual personagem de Retro City você é?” O que seria muito legal. Mas o problema é que não tenho a menor idéia de como fazer algo assim. Mas pelo menos encontrei o Superhero Quiz, um site que tem o teste para descobrir qual super-herói você é. Basta responder a um questionário em inglês, que ele mostra o resultado em porcentagens.

Eu seria o Superman! O que não foi nada mal. Veja o meu resultado abaixo.

Photobucket

Também existe uma versão para saber qual vilão você é. Eu seria o Magneto, porque segundo o teste “você tem medo da perseguição daqueles que são diferentes ou carentes tanto que você está disposto a lutar e ferir outras pessoas pela sua causa”.

E você, qual super-herói e qual vilão você é?



Santuário Nerd
15 de setembro de 2009, 13:58
Filed under: Vídeos | Tags: , , , , ,

Oi amiguinhos conseguiram descobrir onde eu estava escondido no episodio de hoje? Pois então, olhem de novo o vídeo no 2:30!

Sim eu conheço o Fabiano “Prof. Nerd” Silveira, e já estive lá na casa dele também. Ele é um velho amigo e um dos caras mais legais que conheço. Uns meses atrás eu encontrei com ele em um evento de anime e o Fabiano me disse que estava participando de um podcast. Mas acabei esquecendo o nome do site, e depois esquecendo de procurar. Vergonha.

Mas até que um belo dia… Escutei alguns episódios do podcast e gostei. O Fabiano entende muito dos assuntos tratados nos programas e os outros participantes são engraçados também. Fica a dica para quem gosta de Animes, RPG e Games, o ARGcast, que essa semana é sobre Batman nos quadrinhos! No vídeo não sei se deu para perceber, mas o Fabiano é um Batmaníaco.

Mais uma coisa sobre o vídeo. Quando mostrei para a minha esposa, ela que achava que eu tinha muitos livros e quadrinhos, me disse que existem pessoas mais fanáticas. Mas eu bem que fiquei com vontade de fazer uma visita para o Fabiano.



O Tigre
31 de julho de 2009, 09:27
Filed under: Diversos, Quadrinhos | Tags: , , , ,

Essa história é antiga, ela participou do XIV Salão Internacional de Desenho de Impressa em 2006. Mas muito antes disso, já tinha feito ela em forma de storyboard para uma cadeira da faculdade em 2003. É uma adaptação do poema The Tyger de William Blake (que foi traduzido pelo meu amigo Fabiano Silveira).

E agora, mexi em algumas coisas na história e  a colori com nanquim escolar. Fazia algum tempo que queria fazer isso para colocá-la aqui, mas estava difícil justamente conseguir tempo para isso.

Agradeço a todas as visitas e comentários.

Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket



Panteão Valoroso Arte-finalizado
29 de julho de 2009, 00:14
Filed under: Retro City | Tags: , , ,

PhotobucketUm quadrinista deve saber fazer todas as etapas da criação de uma história, o que envolve desenvolver um argumento/roteiro, o desenho e a arte-final basicamente. Colorização também entra ai, contudo apesar de ser muito importante, vejo a cor como opcional.

Existem histórias em quadrinhos que são assim, feitas inteiramente por uma única pessoa. Só que em função dos prazos, o trabalho geralmente acaba sendo dividido por uma equipe, onde cada um fica responsável por uma das etapas. Ou seja, existem pessoas especializadas em cada umas das funções. Mas isso a maioria dos leitores de quadrinhos acho que já sabe.

Digamos que a parte que eu mais gosto é desenhar, mas que também gosto de escrever roteiros as vezes, e o meu fraco é a arte-final, sempre foi. Por causa disso, já deixei o meu traço o mais limpo possível, para evitar transtornos na hora de arte-finalizar, e desenvolvi uma série de técnicas para evitar os erros. E ainda assim, essa parte do processo é a que mais me incomoda. Por isso admiro muito que tem habilidade para a arte-final.

Tenho que me esforçar muito para conseguir fazer o que faço, e essa ilustração do Panteão Valoroso arte-finalizada por mim é um exemplo disso. Acredito que outro arte-finalista mais talentoso teria conseguido um resultado melhor do que o meu.




Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.