Retro City


Como Colorir um Desenho com Esferográficas – Parte 2 de 3

Vou continuar de onde parei e explicar as próximas etapas da pintura do desenho do dragão. Na primeira parte desse post, tratei mais de questões de luz e sombra e de como utilizar as canetas esferográficas para colorir. Nessa segunda parte vou falar sobre misturas de cores. Portanto muito do que vou explicar, e da sua posterior aplicação, vai depender do domínio sobre a teoria das cores. Quem quiser aprender a pintar, independente da técnica ou material, precisar ter esses conhecimentos.

Esses são os materiais utilizados nos próximos passos.

Photobucket

Várias canetas esferográficas coloridas e uma hidrográfica também. Encontrei quase tudo em papelarias e lojas de material escolar.

Photobucket

4º passo

No passo 4 eu pintei com esferográficas o ventre do dragão usando dois tons de azul diferentes, um bem claro e outro mais escuro. O processo de pintura dessa parte foi semelhante ao descrito nos passos 1, 2 e 3.

Depois disso usei um pouquinho da caneta rosa sobre as partes em azul para conseguir o tom de azul que queria. Esse é o mesmo princípio usado na impressão colorida. As impressoras têm geralmente apenas quatro cores de tinta (ciano, magenta, amarelo e preto) e é a mistura entre elas que forma todas as outras cores. Não precisei pintar toda a área azul, usei o rosa apenas para escurecê-lo e um pouco e deixá-lo mais integrado com o vermelho. Mais adiante vou mostrar que fiz algo parecido nas partes em vermelho.

Photobucket

5º passo

O que fiz aqui foi só pintar de amarelo as costas do dragão. Pode ser que exista, mas nunca encontrei uma caneta esferográfica amarela, por isso fiz essa base com uma caneta hidrográfica mesmo. Poderia ter feito o mesmo também nas partes em vermelho e azul se quisesse. A hidrográfica cria apenas a base, enquanto as esferográficas trabalham o volume. Essa combinação de canetas esferográficas e hidrográficas funciona bem desde que as hidrográficas sejam bem claras. Esse foi o mesmo processo que usei para pintar esse desenho da Mulher Maravilha.

Photobucket

6º passo

Trabalhei sobre o amarelo com as canetas esferográficas laranja e marrom. A caneta marrom sobre um fundo amarelo fica mais marrom (já sobre o fundo vermelho ela parece vermelho escuro). Depois de trabalhar nas costas do dragão, pintei suavemente as áreas de azul e vermelho com a caneta laranja também. Praticamente não dá para perceber as hachuras laranjas sobre as outras cores, mas elas  modificaram sutilmente  o azul e o vermelho deixando-os mais quentes.

Photobucket

7º passo

Nesse passo apenas usei a caneta esferográfica violeta sobre as áreas de sombra do vermelho. A diferença entre o passo 7 e 6 é bem pequena. Assim como usei o rosa sobre o azul, usei também o violeta sobre o vermelho. Dessa forma praticamente encerrei a pintura do corpo do Dragão. Vou deixar o que falta para a próxima parte. Até lá.


2 Comentários so far
Deixe um comentário

Encontrei um conjunto de 12 cores de canetas esferográficas gel de 10 anos atrás (o Ródjer foi testemunha da minha posse desse aparato exótico) na minha tentiva de absorver os teus poderes (skill de quarto nível de Artefinalista) …mas elas tavam tão secas que falhou. Mas dá nada, eu conseguirei testar essa técnica algum dia.
E o meu dragonete(…) não terá patas de galinha (hihihihihihihi!)

Comentário por Bobcat Koya

Putz! Tô pensando em voltar a arte finalizar com caneta esferográfica… Ehehehehehehe…

Comentário por Rogério




Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: