Retro City


Barbie e a indústria do entretenimento.
20 de agosto de 2012, 23:39
Filed under: Diversos, Humor, Vídeos | Tags: , ,

Ultimamente ando assistido vários filmes da Barbie com a minha filha Valentina. Ela adora os filmes da Barbie, e eu acabo descobrindo algumas coisas interessantes.

Por exemplo, essa cena retirada do filme Barbie Moda & Magia serve para analisar a indústria de entretenimento. Depois de assistirem o vídeo vejam só o que quero dizer.

A Barbie representa o lado ARTÍSTICO. Ela é genuína e cheia de preocupações estéticas, ela quer se expressar através da sua arte, mas para isso precisa de liberdade criativa, o que acaba esbarrando no lado comercial, que é quem controla o seu trabalho.

Todd, o diretor do filme representa o lado COMERCIAL. Ele é quem realmente decide tudo e não se importa com o lado artístico, apenas quer deixar tudo o mais fácil de vender possível. Uma das formas preferidas de se fazer isso, por exemplo, são pegar obras de sucesso (entenda-se lucrativas) e produzir várias outras parecidas. Ou seja, fazer a coisa menos criativa e original possível (se bem que um filme da Barbie com zumbis seria nenhum pouco comercial, e era a Barbie que não queria que a história da Princesa Ervilha ficasse original demais).

Spencer, o assistente do diretor representa o papel da MÍDIA. Ele observa, registra, aprova e ainda incentiva o lado comercial. Isso é porque a mídia e o show business são muitas vezes uma coisa só, ou então pertencem ao mesmo dono, o que dá no mesmo.

A tiazona de vestido verde representa o FÃ NERD, que enxerga o óbvio: sempre que o lado comercial passa por cima do lado artístico o resultado é catastrófico. Todo o fanboy acredita que tem solução para todos os problemas da indústria do entretenimento, e que se dependesse dele não existiriam mais filmes, seriados ou quadrinhos ruins. Mas o que ele fala quase não importa.

Já as ERVILHAS-ZUMBIS representam o artista que se submete a visão comercial. Quando os conflitos criativos se tornam insuportáveis, ou o artista se torna uma ervilha-zumbi, ou é substituída por uma. Mas trabalhos muito comerciais costumam ser menos lucrativos também, e esse é o grande dilema da indústria do entretenimento, o artístico e o comercial não sobrevivem sozinhos.

Resumindo: o lado artístico só se dá mal; o lado comercial faz o que quer; a mídia está por trás de tudo; o nerd reclama e não adianta de nada; e zumbis já viraram piada até no filme da Barbie


3 Comentários so far
Deixe um comentário

Acho que nunca vi tanta profundidade em uma postagem relacionada com a barbie ;p

parabéns pelo post, Mauricio!

Abraços!

Comentário por Gabriel Kolbe

Quem diria que até mesmo a Barbie pudesse carregar tantas camadas, hahahahha. Muito bom o post!😄

Comentário por Ródjer

Puxa! Esqueci de dar parabéns! Faz um ano sem posts! Ahahahahahahaha!

Abraços!

Comentário por Rogério




Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: